Sexta-feira, 28 de Janeiro de 2022 Pesquisa no site
 
A OBORÉ
  Abertura
  Histórico
  Missão
  Frentes de Trabalho
  Parceiros
  Prêmios
  Fale Conosco
  Galeria de Fotos
Núcleo de Rádio
Núcleo de Cursos
Núcleo de Gestão da Informação
Notícias
Atividades Especiais
  Sinal analógico de TV foi desligado esta semana na grande São Paulo
Texto: Ruam Oliveira
  26/03/2017

Nesta quarta-feira, 29 de março, os domicílios da grande São Paulo deixaram de receber o sinal analógico de TV e terão apenas o sinal digital disponível na TV aberta. Para continuar assistindo a programação, os televisores agora deverão estar equipados de conversores de sinal, caso contrário não serão capazes de exibir imagens.

Desde 2015, com a fundação da Seja Digital, entidade sem fins lucrativos criada pela iniciativa privada para gerenciar a migração de sinal, o Brasil vem caminhando para o fim da transmissão de TV como é atualmente conhecida. Em São Paulo, esta mudança já começou. Até o fim de 2018, quando a Seja Digital deixará de existir, todos os domicílios brasileiros deverão estar equipados para receber o sinal de TV digital.

De acordo com Cecília Zanotti, gerente regional da Seja Digital, a empresa tem, para São Paulo, 1,8 milhão de kits com conversores e antenas disponíveis para quem está incluso no Cadastro Único do governo federal. Para retirar o kit é necessário agendamento no site da entidade. Em oficina realizada pela OBORÉ no início de fevereiro, Zanotti apontou que uma das principais obrigações da empresa é garantir que, no mínimo, 93% dos domicílios estejam totalmente digitalizados até a data de desligamento, mas salientou que a intenção é que 100% dos lares sejam capazes de receber o novo tipo de sinal.

• Televisores que foram fabricados antes de 2012, de LCD ou de tubo, precisarão de conversor digital
• Caso o usuário não tenha direito a receber o kit gratuito entregue pela Seja Digital, os conversores e antenas podem ser encontrados em lojas de aparelhos eletrônicos
• Sem um conversor – embutido na televisão ou aparelho à parte – não será possível assistir aos canais da TV aberta.


Atualmente a faixa de 700MHz, ocupada pelos canais analógicos, está congestionada e por ser a melhor para operação do sinal de internet 4G, o governo federal decidiu leiloar o uso dela para operadoras de telecomunicações. As empresas TIM, Vivo, Claro e Algar venceram este processo de leilão e fundaram a Seja Digital para ser responsável por esta migração. Parte do aporte financeiro da entidade é proveniente deste processo.

Dentre as mudanças, o sinal digital permite melhor nitidez de imagem e qualidade de som. Além disso os usuários terão acesso a outras ferramentas como menu interativo, grade de programação, entre outras funções.  Antônio Biondi, gerente de mobilização da Seja Digital, em oficina para radialistas comunitários realizada em parceria com a OBORÉ no início de março, apontou que as emissoras também estão passando por um processo de adaptação e que os canais irão entrar na grade de programação aos poucos, inclusive após a data limite, dia 29.
 
Saiba Mais em www.sejadigital.com.br
 

Matérias Relacionadas: 

Desligamento de sinal analógico de tv é tema de encontro com radialistas comunitários

OBORÉ e Seja Digital realizam encontro de capacitação de radialistas comunitários

 

Créditos da Imagem: iStock

 
 
 
   
  » Indique essa página a um amigo
 
 
 
Avenida Paulista, 2300 | Andar Pilotis | Edifício São Luis Gonzaga | 01310-300
São Paulo | SP | Brasil | 55 11 2847.4567 | (11) 99320.0068 |
obore@obore.com

Desenvolvimento

KBR Tec - Soluções Online