Quinta-feira, 27 de Janeiro de 2022 Pesquisa no site
 
A OBORÉ
  Abertura
  Histórico
  Missão
  Frentes de Trabalho
  Parceiros
  Prêmios
  Fale Conosco
  Galeria de Fotos
Núcleo de Rádio
Núcleo de Cursos
Núcleo de Gestão da Informação
Notícias
Atividades Especiais
  Sessão Averroes apresenta Hiroshima, Mon Amour, longa do premiado cineasta francês Alain Resnais

  09/12/2015

Sessão Averroes apresenta Hiroshima, Mon Amour, longa do premiado cineasta francês Alain Resnais

Clássico de Alain Resnais é uma relação arrojada entre cinema e literatura. Projeção acontece na próxima quarta-feira, 16 de dezembro, às 19h, na sala BNDES da Cinemateca Brasileira. A exibição é seguida de Mesa de Reflexão com a cineasta Olga Futemma e mediação da jornalista Ana Luisa Zaniboni Gomes, curadora da atividade. Programa permanente desde 2009, a Sessão Averroes  é fruto de parceria entre Cinemateca,  Hospital Premier e OBORÉ.

Para encerrar as atividades do ano, a SESSÃO AVERROES apresenta o longa Hiroshima, Mon Amour, do cineasta francês Alain Resnais. A exibição é seguida de Mesa de Reflexão com a diretora da Cinemateca, cineasta e pesquisadora Olga Futemma, e mediação da jornalista Ana Luisa Zaniboni Gomes, curadora das sessões.

Este clássico da cinematografia mundial estreou na Europa em junho de 1959 e, no Brasil, foi exibido em sessões especiais, em outubro de 1960. Com roteiro da escritora francesa Marguerite Duras e interpretado por Emmanuelle Riva e Eiji Okada, a obra conquistou o prêmio de Melhor Filme do Sindicato de Críticos de Cinema da França (1959) e Melhor Filme Estrangeiro do Círculo de Críticos de Cinema de Nova York (1959).  

Hiroshima, Mon Amour trata do encontro amoroso entre uma atriz francesa que participa de filmagens de uma produção internacional sobre a paz, na cidade de Hiroshima, no Japão, e um arquiteto japonês que trabalha na cidade. A aventura do casal está ambientada em um quarto de hotel e em passeios demorados pela cidade marcada tanto pelas explosões da bomba atômica de 1945 quanto por lugares modernos e iluminados. O filme sugere que o choque da guerra e da aniquilação é universal: através das imagens, falas e lembranças das personagens, fica evidente que nos tornamos ainda mais iguais quando somos vítimas da destrutividade humana.

Sobre as Sessões de Cinema e Reflexão

 Programa permanente da Cinemateca Brasileira desde 2009, a SESSÃO AVERROES  DE CINEMA E REFLEXÃO é fruto de parceria da entidade com a OBORÉ e o Hospital Premier. Neste ano, as sessões aconteceram na última quarta-feira de cada mês, sempre às 19h00, destinadas ao público em geral interessado em questões que tangenciam a vida, a morte, o envelhecimento e os cuidados na terminalidade da vida. A atividade deste mês de dezembro conta com apoio da Faculdade de Medicina de Itajubá, do Instituto Paliar, da Academia Nacional de Cuidados Paliativos e da Coordenação de Políticas para Idosos da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania da Prefeitura de São Paulo. 

Sobre Averroes

O islâmico ibérico Averroes viveu em Andaluz entre  1126-1198, época em que a região representava, em pleno século XII, o ponto mais alto da cultura e da tolerância no ocidente. Foi dirigente político e religioso, atuou como jurista, médico e filósofo e foi tradutor e comentador de Aristóteles. Deixou textos da maior significação sobre Medicina, Física, Astronomia, Jurisprudência, Filosofia, Teologia, marcando profundamente a história do pensamento cristão, judaico e islâmico. A figura de Averroes simboliza o viver com ética, a sede do saber, a razão como  método científico, a tolerância com outras culturas e a bondade em relação ao ser humano.      
 
FICHA TÉCNICA

Hiroshima, Mon Amour.  França, Japão, 1959. Direção: Alain Resnais | Roteiro: Marguerite Duras | Drama, 90 min. | Exibição em DVD | P/b, legendado em português. Com  Emmanuelle Riva, Eiji Okada, Stella Dassas, Pierre Barbaud e Bernard Fresson  | Fotografia: Michio Takahashi e Sacha Vierny | Música: George Delerue e Giovanni Fusco | Montagem: Jasmine Chasney, Henri Colpi e Anne Sarraute | Direção de Arte: Esaka, Antoine Mayo e Maurice Petri | Figurino: Gérard Collery | Produtores: Anatole Dauman e Samy Halfon.
 
Confira o trailer do filme em  https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=R-VgIR26Eis
 
SERVIÇO

SESSÃO AVERROES DE CINEMA E REFLEXÃO
16.12 |  QUARTA-FEIRA | SALA CINEMATECA BNDES
19h00  | HIROSHIMA, MON AMOUR
20h30 | MESA DE REFLEXÃO


ENTRADA FRANCA. NESTE MÊS, NÃO HAVERÁ VISITA MONITORADA

CINEMATECA BRASILEIRA
 Largo Senador Raul Cardoso, 207 | próximo ao Metrô Vila Mariana
Outras informações: (11) 3512-6111 (ramal 215)  www.cinemateca.gov.br 
 
 
 
 
 
   
  » Indique essa página a um amigo
 
 
 
Avenida Paulista, 2300 | Andar Pilotis | Edifício São Luis Gonzaga | 01310-300
São Paulo | SP | Brasil | 55 11 2847.4567 | (11) 99320.0068 |
obore@obore.com

Desenvolvimento

KBR Tec - Soluções Online