Quinta-feira, 27 de Janeiro de 2022 Pesquisa no site
 
A OBORÉ
  Abertura
  Histórico
  Missão
  Frentes de Trabalho
  Parceiros
  Prêmios
  Fale Conosco
  Galeria de Fotos
Núcleo de Rádio
Núcleo de Cursos
Núcleo de Gestão da Informação
Notícias
Atividades Especiais
  Sergio Gomes recebe Medalha Anchieta e Diploma de Gratidão da Cidade de São Paulo

  09/12/2015

A sessão solene de entrega da Medalha Anchieta e Diploma de Gratidão da Cidade de São Paulo ao jornalista Sergio Gomes, diretor da OBORÉ, reuniu na sexta-feira, 27 de novembro, centenas de amigos, profissionais da comunicação, estudantes e familiares do homenageado. A cerimônia ocorreu no plenário 1º de Maio da Câmara Municipal e foi iniciativa do vereador Eliseu Gabriel (PSB). 
 
A mesa oficial dos trabalhos reuniu, além do vereador proponente e  homenageado, representantes de diferentes momentos de vida e núcleos de atuação do jornalista, como a cartunista Laerte Coutinho representando os amigos; a jornalista e escritora Diléa Frate representando sua passagem pela ECA; João Guilherme Vargas Neto representando o PCB e sua militância política; Celso Napolitano representando sua atuação no movimento sindical;  Manuel Chaparro representando os colegas professores e o Projeto Repórter do Futuro; Audálio Dantas representando sua trajetória profissional no Jornalismo; o jornalista e editor Jorge Cláudio Ribeiro, representando a sua ligação e amizade com o Cardeal D. Paulo Evaristo Arns e a ala progressista da Igreja Católica, o produtor cultural e jornalista Oswaldo Luiz Colibri Vitta representando sua atuação  na criaçaõ do movimento de fundação do Clube do Choro de São Paulo, na década de 70/80, e também o administrador hospitalar Sergio Malta Decort, representando o tempo de ginásio na IEEPAC – Instituto Estadual de Educação Professor Alberto Conte, e sua mãe, Adelaide da Conceição Gomes Bidarra, representante da família. 

Sergio Gomes é formado em Jornalismo pela ECA/USP, em 1973, onde também lecionou Jornalismo Sindical, Comunitário e Popular entre 1986 e 1992. Militou no PCB (Partido Comunista Brasileiro) e no movimento estudantil, chegando a ser preso pelo regime militar em 1975. Em 1978, fundou, com um grupo de jornalistas e artistas, a OBORÉ Editorial. Ainda hoje atua na OBORÉ com projetos de comunicação, cursos de formação e complementação universitária para estudantes de jornalismo e consultoria de análise e planejamento de comunicação para políticas públicas e sociais.

“Sou paulistano, nunca morei em outra cidade que não essa. A vida me deu a sorte de conhecer uma parte das melhores pessoas dessa cidade que tinha o propósito de fazer com que ela fosse democrática, justa, uma bela cidade. A minha geração, inclusive na luta contra a ditadura, teve esse desafio de tentar vencer e fazer essa cidade um pouco melhor”, declarou o homenageado, muito emocionado.



 
 
 
   
  » Indique essa página a um amigo
 
 
 
Avenida Paulista, 2300 | Andar Pilotis | Edifício São Luis Gonzaga | 01310-300
São Paulo | SP | Brasil | 55 11 2847.4567 | (11) 99320.0068 |
obore@obore.com

Desenvolvimento

KBR Tec - Soluções Online