Quinta-feira, 27 de Janeiro de 2022 Pesquisa no site
 
A OBORÉ
  Abertura
  Histórico
  Missão
  Frentes de Trabalho
  Parceiros
  Prêmios
  Fale Conosco
  Galeria de Fotos
Núcleo de Rádio
Núcleo de Cursos
Núcleo de Gestão da Informação
Notícias
Atividades Especiais
  "A boa reportagem é aquela que explica a notícia", diz Chaparro

  12/05/2014



Sete gerações de jornalistas, dos 18 aos 80 anos, participaram da oitava palestra/conferência de imprensa do 7º Curso Descobrir São Paulo - Descobrir-se Repórter, no sábado 10 de maio, com o professor Manuel Carlos Chaparro.

 
Em sua palestra, Chaparro abordou o tema Fundamentos e Técnicas da Grande Reportagem, em que discutiu desde a importância das fontes para o êxito do trabalho jornalístico como o compromisso da profissão com a sociedade e adiferença entre notícia e reportagem. "A notícia é a comunicação do fato. Já a reportagem vai além disso: seu papel é explicar a notícia, aprofundando a investigação dos conflitos que a notícia contém", explicou.
 
“Não existe jornalismo sem fonte. O papel do jornalista é apurar os diferentes interesses envolvidos em um fato, abordar o conflito que ele encerra – à luz do impacto que causará como notícia – e escrever seu relato da maneira mais atrativa que puder”, disse.

Chaparro defendeu que a criatividade e o compromisso ético são aspectos inseparáveis do bom jornalismo. “Sem técnica não se chega a bom resultado, assim como sem fundamentar o trabalho em valores não é possível cumprir o compromisso de servir ao interesse coletivo”, afirmou.

Método e Veracidade devem ser entendidos como fatores indissociáveis. “Os fatos são sagrados. Qualquer relato que não respeite esta lógica pode ser tudo menos jornalismo.”

Nesse sentido, o professor enumerou seis fundamentos para nortear o trabalho do jornalista:
 
•    Planejar com criatividade.
•    Apurar exaustivamente.
•    Aferir com rigor.
•    Valorar com escolhas éticas.
•    Depurar com critérios de relevância.
•    Relatar com independência e arte.

Chaparro enfatizou o papel transformador das novas tecnologias no jornalismo. “Na era do telégrafo, o logo tempo transcorrido entre o fato e a produção da notícia era o espaço de poder do jornalista. Com a televisão ao vivo e, depois, a internet, o fato e a notícia passaram a se confundir por causa da instantaneidade. Os atentados às Torres Gêmeas, em Nova York, em 2001, confirmaram o advento da nova era da informação. O choque do primeiro avião contra uma das torres pegou todos de surpresa. Nenhum jornalista viu. Mas o choque do segundo avião contra a outra torre, minutos depois, já encontrou toda a imprensa no local. Este segundo fato foi produzido intencionalmente para produzir um impacto maior que o primeiro. Foi mostrado ao vivo, como notícia, quando se produzia o fato. Essa estratégia evidenciou, para quem ainda tinha dúvidas, que as fontes organizadas não só têm seu próprio discurso estruturado como aprenderam a noticiar o que lhes interessa.”

Para acessar e baixar a apresentação completa com as dicas de Manuel Carlos Chaparro, clique neste link.

Professor livre-docente da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), Chaparro emigrou para o Brasil em 1961. Doutor em Ciências da Comunicação e professor de Jornalismo na ECA, é autor do blog O Xis da Questão – Mídia, Jornalismo e Atualidade.

Para acessar e baixar as Diretrizes Curriculares dos Cursos de Jornalismo do Ministério da Educação, clique neste link.
 
O jornalista Guilherme Zocchio, formado pela PUC/SP em 2013, ex-editor do jornal-laboratório Contraponto, que participou do 5º Curso Descobrir São Paulo - Descobrir-se Repórter, falou aos estudantes sobre sua monografia de conclusão da graduação, em que abordou a rede social Facebook como forma de controle social.

 
9º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo
 
Presente à palestra, a gerente executiva da Abraji - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo, Marina Atoji, convidou os estudantes a participar do 9º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo, que acontece de 24 a 26 de julho em São Paulo, no campus Vila Olímpia da Universidade Anhembi Morumbi. “É uma oportunidade única para conhecer o trabalho de alguns dos principais jornalistas investigativos do mundo”, disse.

A cobertura do Congresso é um dos quatro módulos do Projeto Repórter do Futuro, como explicou João Paulo Brito, da OBORÉ, que participou das coberturas de 2012 e 2013. “Ela é realizada exclusivamente por um grupo de 25 estudantes selecionados, sob supervisão de coordenadores do Repórter do Futuro, e permite um aprendizado intensivo a partir da cobertura em tempo real. O estudante cobre um dos painéis do Congresso e em seguida escreve a notícia, enquanto outros repórteres cobrem os painéis seguintes. Esse sistema de rodízio agiliza a produção das notícias e a publicação em tempo real”, explicou.

Marina e João Paulo disseram que os estudantes selecionados participarão uma reunião de planejamento da cobertura no dia 12 de julho, na OBORÉ – duas semanas antes do Congresso.
 
Sobre o curso
 
O curso, de complementacão universitária em jornalismo e gratuito, é realizado em parceria pela Escola do Parlamento da Câmara Municipal de São Paulo, OBORÉ Projetos Especiais e Abraji – Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. Conta com o apoio do SINPRO/SP – Sindicato dos Professores de São Paulo, Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo, Cátedra UNESCO de Comunicação, Hospital Premier/MAIS – Modelo de Atenção Integral à Saúde, NH Photos/Nivaldo Silva, IPFD – Instituto de Pesquisa, Formação e Difusão em Políticas Públicas e Sociais, e da coordenação dos principais cursos de Jornalismo de São Paulo, além das revistas Samuel, Brasil Atual, Caros Amigos, Fórum, Imprensa, Le Monde Diplomatique Brasil, Piauí e do blog O Xis da Questão – Mídia, Jornalismo e Atualidade, do Prof. Manuel Carlos Chaparro.

 
 
 
   
  » Indique essa página a um amigo
 
 
 
Avenida Paulista, 2300 | Andar Pilotis | Edifício São Luis Gonzaga | 01310-300
São Paulo | SP | Brasil | 55 11 2847.4567 | (11) 99320.0068 |
obore@obore.com

Desenvolvimento

KBR Tec - Soluções Online