Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2022 Pesquisa no site
 
A OBORÉ
  Abertura
  Histórico
  Missão
  Frentes de Trabalho
  Parceiros
  Prêmios
  Fale Conosco
  Galeria de Fotos
Núcleo de Rádio
Núcleo de Cursos
Núcleo de Gestão da Informação
Notícias
Atividades Especiais
  Na semana de 50 anos do Golpe, Instituto Vladimir Herzog realiza série de atividades sobre a ditadura

  25/03/2014


Na semana em que o golpe de 1964 completa 50 anos, o Instituto Vladimir Herzog realiza duas leituras encenadas de peças históricas da resistência à ditadura militar, um concerto especial, uma série televisiva sobre a imprensa alternativa e mantém abertas inscrições para um prêmio voltado a estudantes de jornalismo sobre a "herança do golpe".


Para a realização das atividades o instituto conta com as parcerias da Cia.Livre, OSESP (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo) e TV Brasil/EBC (Empresa Brasileira de Comunicação).

No TUCARENA, as peças Ponto de Partida (segunda, 31/3, e quinta, 3/4, às 21h) e Patética (terça, 1/4, e quarta, 2/4, às 21h) apresentam pontos de vista distintos sobre a vida e assassinato do jornalista Vladimir Herzog.

Atores como Denise Fraga, Miriam Mehler e Renato Borghi serão dirigidos por Cibele Forjaz e, na apresentação do dia 31 de Março, Sérgio Ricardo cantará a música original de Ponto de Partida, de sua autoria.

Já a apresentação da pianista Ursula Oppens, que integra a série de Concertos Especiais da temporada 2014 da OSESP, acontece no domingo (30/3), às 21h, na Sala São Paulo.

A pianista norte-americana apresenta as 36 variações de Frederic Rzewski para a canção de protesto chilena "O Povo Unido Jamais será Vencido!", composta por Sergio Ortega.

Repórteres do Futuro e estudantes universitários podem solicitar ingressos gratuitos (até 4 por pessoa) para as peças e para o concerto através do e-mail estudante@vladimirherzog.org até sexta (28).

Na TV Brasil, os episódios da série "Resistir é preciso..." vão ao ar do dia 24 de março a 4 de abril (de segunda a sexta) sempre às 19h30.

Criada e dirigida pelo jornalista Ricardo Carvalho, o documentário é o primeiro que conta a história de toda a imprensa alternativa, clandestina e no exílio durante os 21 anos de regime militar.

Por fim, estão abertas até 11 de abril as inscrições para o 6º Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão
que neste ano aborda o tema "As Heranças do Golpe de 64".


Estudantes de jornalismo de todo o país podem participar e os autores das três melhores pautas terão a oportunidade de contar com o apoio de grandes nomes do jornalismo brasileiro como mentores para a produção das suas matérias.


SERVIÇO:


CONCERTO

Ursula Oppens, piano. Sala São Paulo (Praça Júlio Prestes, 16 – Tel: 3223 3966)

Considerada uma das maiores pianistas da atualidade, sendo reconhecida principalmente por dominar tanto o repertório clássico como o contemporâneo, Oppens já foi indicada a quatro Grammys, a principal premiação da indústria mundial da música.

Vendas de segunda a sexta: das 10h às 18h ou pelo site www.ingressorapido.com.br.

PEÇAS TEATRAIS

Ponto de Partida, de Gianfrancesco Guarnieri. Teatro TucArena (Rua Monte Alegre, 1024). Segunda, dia 31 de março e quinta, dia 03 de Abril, às 21h.

Elenco: Denise Fraga, Lucia Romano, Edgar Castro, Eucir de Souza, Mauricio Marques e Celso Sim. Direção: Cibele Forjaz.

No dia 31/03 o evento contará também com a apresentação da música original de Ponto de Partida, cantada por seu autor, Sérgio Ricardo.

Sinópse

Escrita por Gianfrancesco Guarnieri em 1976, começa com um corpo enforcado numa árvore, no centro da praça de uma aldeia. A partir daí coloca-se a questão: Birdo, o poeta, cantor, ativista, teria se enforcado ou foi assassinado? Enquanto uns questionam a causa da morte, outros tentam esconder a violência e naturalizar o ocorrido, para que tais questões deixem de ter um “por quê”.

Patética, de João Ribeiro Chaves Neto. Teatro TucArena. Terça e quarta,  01 e 02 de abril, às 21h.

Elenco: Renato Borghi, Miriam Mehler, Isabel Teixeira, Élcio Nogueira Seixas e Luciano Chirólli. Direção: Cibele Forjaz.

Sinópse

Peça de autoria de João Ribeiro Chaves Neto em 1978, apresenta uma trupe de artistas circenses que representam pela primeira e última vez a história de Glauco Horowitz, que se inicia em um navio atracado no porto do Rio de Janeiro e termina em uma tarde escura em São Paulo. Por meio de uma estrutura metateatral, a peça discute a censura, ao mesmo tempo em que conta a vida de Vladimir Herzog, desde a imigração de seus pais para o Brasil e passando pelo trabalho de resistência do jornalista, sua detenção para prestar depoimento nas dependências do DOI-Codi, a morte sob tortura e a luta de sua família para provar que foi assassinado.  No fim, o espetáculo da trupe é proibido e o próprio circo, fechado.

SÉRIE TELEVISIVA


"Resistir é preciso...", de Ricardo Carvalho. De 24 de março a 4 de abril (segunda a sexta), às 19h30, na TV Brasil.

Sinópse


O foco é no período 1964-1979, mas são retratados veículos alternativos desde a chegada de D. João 6º no Brasil. O primeiro deles foi o famoso "Correio Braziliense" de 1808, marco do início da imprensa no país. O jornal de Hipólito José da Costa era editado em Londres e distribuído clandestinamente por aqui, já que não tinha permissão da foragida corte portuguesa que havia acabado de se instalar no Brasil.

PRÊMIO DE JORNALISMO

6º Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão, curadoria Ana Luisa Gomes. Inscrições até 11 de abril através do site www.jovemjornalista.org.br.

Resumo


Concurso de pautas realizado pelo Instituto Vladimir Herzog para estimular o processo jornalístico entre futuros profissionais. Nesta edição, as propostas de pautas devem abordar o tema "As Heranças do Golpe de 64". O processo permite inscrições individuais ou em equipe de até três estudantes. Todos os projetos deverão contar, obrigatoriamente, com a participação de um professor orientador vinculado a instituição de ensino dos participantes e uma indicação para qual tipo de mídia a matéria será desenvolvida: jornal, revista, rádio, televisão ou internet.
 
 
 
   
  » Indique essa página a um amigo
 
 
 
Avenida Paulista, 2300 | Andar Pilotis | Edifício São Luis Gonzaga | 01310-300
São Paulo | SP | Brasil | 55 11 2847.4567 | (11) 99320.0068 |
obore@obore.com

Desenvolvimento

KBR Tec - Soluções Online