Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2022 Pesquisa no site
 
A OBORÉ
  Abertura
  Histórico
  Missão
  Frentes de Trabalho
  Parceiros
  Prêmios
  Fale Conosco
  Galeria de Fotos
Núcleo de Rádio
Núcleo de Cursos
Núcleo de Gestão da Informação
Notícias
Atividades Especiais
  Em homenagem aos 38 anos da morte de Vladimir Herzog, Câmara inaugura Praça e Memorial em seu nome
Texto e fotos: João Paulo Brito
  21/10/2013

Em homenagem ao jornalista e professor Vladimir Herzog, a Câmara Municipal de São Paulo irá inaugurar, às 11h desta sexta-feira (25), a Praça e Memorial Vladimir Herzog, localizada atrás do Palácio Anchieta, no início da Rua Santo Antonio, confluência com a Praça da Bandeira.

Além da renomeação do espaço - antes chamado Divina Providência -, será descerrado um mosaico, elaborado pelo Projeto Ancora, reproduzindo o quadro "25 de outubro", do artista plástico Elifas Andreato.

Foram convidados para a cerimônia, todos os jornalistas que já ocuparam a presidência do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de São Paulo, os integrantes da Comissão Municipal da Verdade, que leva o nome "Vladimir Herzog" e as crianças do Projeto Âncora.

Está previsto ainda a execução do Hino da República pela banda da Guarda Civil Metropolitana.




Praça  e Memorial Vladimir Herzog


No projeto original, o local receberá, além do mosaico, uma estátua de bronze, com cerca de 2m de altura, e uma réplica do troféu entregue aos vencedores do Prêmio de Jornalismo Vladimir Herzog (evento criado pelo Comitê Brasileiro de Anistia (CBA) de Minas Gerais para denunciar a repressão dos tempos militares).

A estátua do jornalista será uma reprodução da imagem “Vlado Vitorioso”, criada por Andreato para a ONU em 2008, em comemoração aos 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

A réplica do troféu entregue aos vencedores do ‘Prêmio de Jornalismo Vladimir Herzog’ homenageia o jornalista, com a missão de contribuir para a reflexão e produção de informações que garantam o direito à vida e à justiça.


25 de outubro

A escolha da data para a inauguração e do quadro para ilustrar o mosaico estão relacionados ao 25 de outubro de 1975, dia em que o jornalista foi convocado à sede do DOI-Codi (Destacamento de Operações de Informações e Centro de Defesa), e, na tarde deste mesmo dia, foi encontrado morto.

Até março deste ano, a versão oficial alegava que Vlado teria se enforcado com o próprio cinto do seu macacão de presidiário. Porém, após vitória judicial da família Herzog, o Estado reconheceu e apresentou novo atestado de óbito confessando o assassinato do jornalista sob tortura.


Quem foi Herzog?

Vladimir Herzog nasceu em 1937, na Iugoslávia e imigrou para o Brasil em 1942, fugido do nazismo na Europa. Estudou Filosofia na USP, mas foi no jornalismo que encontrou a sua verdadeira paixão. Em 1959 atuou pela primeira vez na área da comunicação, na Folha de S. Paulo, e desde então atuou em inúmeros veículos de informação, entre eles, O Estado de S. Paulo e na BBC de Londres (época em que morou na Inglaterra com a sua esposa Clarice).

Continuou na área da comunicação trabalhando como redator do telejornal diário “Show de Notícias", da antiga TV Excelsior, e depois editor de cultura na revista Visão e diretor do departamento de Telejornalismo na TV Cultura. Também trabalhou como teatrólogo e professor universitário, dando aulas na FAAP e na ECA-USP.

Além da sua paixão pelo jornalismo, Herzog tinha grande interesse pela área cinematográfica, inclusive dirigiu o curta metragem ‘Marimbás’ em 1963. O curta conta a história de um grupo que sobrevivia da pesca no Posto 6, em Copacabana (RJ). O jornalista mostra no filme a grande preocupação que tinha com a sociedade. ‘Marimbás’ foi um dos primeiros documentários nacionais feitos com som direto.

‘Vlado’ tinha 38 anos quando morreu, era casado e pai de dois filhos. Se estivesse vivo, atualmente teria 75 anos.

Confira como foi a produção do mosaico que será descerrado na inauguração da Praça e Memorial Vladimir Herzg:


 
 
 
   
  » Indique essa página a um amigo
 
 
 
Avenida Paulista, 2300 | Andar Pilotis | Edifício São Luis Gonzaga | 01310-300
São Paulo | SP | Brasil | 55 11 2847.4567 | (11) 99320.0068 |
obore@obore.com

Desenvolvimento

KBR Tec - Soluções Online