Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2022 Pesquisa no site
 
A OBORÉ
  Abertura
  Histórico
  Missão
  Frentes de Trabalho
  Parceiros
  Prêmios
  Fale Conosco
  Galeria de Fotos
Núcleo de Rádio
Núcleo de Cursos
Núcleo de Gestão da Informação
Notícias
Atividades Especiais
  Abraji realiza debate online sobre segurança de jornalistas nesta sexta (27)

  26/09/2013



Nesta sexta (27), a Abraji apresenta o Hangout Jornalismo: segurança e prevenção em cobertura de risco com o presidente da Abraji e editor do RJTV (TV Globo) Marcelo Moreira e o diretor Mauri König.

A transmissão será às 10h via página da Abraji no Google+ e Youtube. Qualquer pessoa com acesso à internet poderá acompanhar o evento.

Moreira foi eleito, em 2006, membro do conselho do INSI (International News Safety Institute), ONG criada pela Federação Internacional dos Jornalistas e que trabalha para garantir a segurança dos profissionais de imprensa em todo o mundo.

König, repórter especial da Gazeta do Povo, foi duas vezes vítima da violência contra jornalistas. A primeira delas, em 2000 e 2001, durante a apuração de uma série de reportagens sobre crianças que estavam sendo raptadas para o serviço militar do Paraguai, três homens da polícia o surpreenderam e o agrediram violentamente.

Em 2012, por ter denunciado o mau uso do dinheiro público por policiais civis, König teve que deixar o país após sofrer ameaças.

O debate abordará ainda o escandaloso número de violações de jornalistas em 2013 devido à manifestações de junho e de sete de setembro.  Desde o dia 13 de junho a Abraji contabilizou 82 violações contra jornalistas durante a cobertura de protestos.  Só no dia 7 de setembro, foram 21 casos de violação contra 20 profissionais. Em 85% destes casos a polícia foi autora das agressões, na maioria das vezes por uso ostensivo de spray de pimenta.

Para falar destes casos e moderar o debate, o hangout contará com João Paulo Charleaux, coordenador dos cursos de jornalismo em situações de conflito armado e outras situações de violência realizados em São Paulo pelo CICV, a OBORÉ e a Abraji, em parceria com as principais escolas de jornalismo de São Paulo.

Em 2007 e 2008, Charleaux foi convidado pelas Nações Unidas e o Centro de Preparação para Missões de Paz do Exército Brasileiro no Rio de Janeiro para ministrar palestras no curso para jornalistas em áreas de conflito, além de ser coordenador de comunicação da Conectas Direitos Humanos, que tem acompanhado e cobrado soluções nos casos de violência policial durante os protestos em São Paulo.
 
 
 
   
  » Indique essa página a um amigo
 
 
 
Avenida Paulista, 2300 | Andar Pilotis | Edifício São Luis Gonzaga | 01310-300
São Paulo | SP | Brasil | 55 11 2847.4567 | (11) 99320.0068 |
obore@obore.com

Desenvolvimento

KBR Tec - Soluções Online