Segunda-feira, 08 de Agosto de 2022 Pesquisa no site
 
A OBORÉ
  Abertura
  Histórico
  Missão
  Frentes de Trabalho
  Parceiros
  Prêmios
  Fale Conosco
  Galeria de Fotos
Núcleo de Rádio
Núcleo de Cursos
Núcleo de Gestão da Informação
Notícias
Atividades Especiais
  Sessão Averroes de abril acontece nesta terça (30) e reflete sobre integração cultural e social dos idosos

  19/04/2013


A SESSÃO AVERROES deste mês, que acontece no dia 30 de abril (terça-feira), às 19h, na Cinemateca Brasileira, exibirá o filme “Minhas tardes com Margueritte”, de Jean Becker.

A após o longa, será realizada uma Mesa de Reflexão sobre a qualidade de vida física e mental dos idosos e sua integração social e cultural na sociedade.

Os especialistas convidados são Eclea Bosi, vencedora do Troféu Averroes em 2011, que é professora emérita do Instituto de Psicologia da USP e docente do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho, além de criadora da Universidade Aberta à Terceira Idade (UATI), Guiomar  Silva Lopes, farmacologista e coordenadora da UATI e David Braga Junior, especializado em Clínica Médica, ex Secretário de Saúde e Diretor de Planejamento e Gestão dos Municípios de Campinas e Indaiatuba (SP).

Atividade permanente da Cinemateca desde 2009, a SESSÃO AVERROES é fruto da parceria entre Cinemateca, Hospital Premier e OBORÉ.

A partir de agora, as sessões passam a acontecer na última terça-feira do mês, às 19h. A exibição é precedida de visita monitorada (17h) por toda a Cinemateca, incluindo a área técnica de restauro, e seguida de mesa de reflexão com convidados das mais diversas áreas do conhecimento. 

A atividade propõe-se a refletir, examinar e debater a condição humana, a vida e sua terminalidade.

Esta SESSÃO conta com o apoio da Faculdade de Medicina de Itajubá, do Instituto Paliar, da Academia Nacional de Cuidados Paliativos, da UNIFESP e da UATI – Universidade Aberta à Terceira Idade da Unifesp.  

Sinopse


Por frequentarem o mesmo parque da cidade, Germain (Gérard Depardieu), um homem quase analfabeto, e Margueritte (Gisèle Casadesus), uma senhora apaixonada por literatura e poesia, passam a ser amigos e, com isso, ele descobre os livros, que nunca fizeram parte da sua vida. Além do gosto pela leitura, a amizade entre os dois começa a ficar cada vez mais sincera e profunda, a ponto de a mulher ser “raptada” pelo amigo do asilo em que a família escolhera para passar seus últimos anos de vida.

Assista ao trailer:


Sessão de Cinema

Minhas tardes com Margueritte (La Tête en friche), de Jean Becker

(França, 2010). 110 min. Comédia. Com Gérard Depardieu e Gisèle Casadesus.

Classificação indicativa: 12 anos.

Entrada gratuita.

Mesa de Reflexão


Guiomar  Silva Lopes – Graduada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, com mestrado, doutorado  e pós doutorado em Farmacologia pela Universidade Federal de São Paulo - Unifesp. Suas pesquisas concentram-se na área da Farmacologia molecular em temas como envelhecimento, apoptose, sinalização de cálcio, resistência à insulina e proteção celular em humanos e em modelo experimental. É a responsável pela criação da Universidade Aberta à Terceira Idade (setor da Pró-Reitoria de Extensão da UNIFESP), cujo objetivo é integrar, valorizar e ampliar o conhecimento dos idosos de Santo Amaro e Embu das Artes, em colaboração e parcerias com município e empresas. Atualmente, é a titular da  Coordenadoria do Idoso na Secretaria Municipal de Direitos Humanos.  

David Braga Junior - Médico especializado em Clínica Médica pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto/USP; ex Secretário de Saúde e Diretor de Planejamento e Gestão dos Municípios de Campinas e Indaiatuba (SP); Consultor da OPAS, Fiocruz e Ministério da Saúde, Gerente Médico da Associação Auxiliadora das Classes Laboriosas e Conselheiro Consultivo do Grupo MAIS, por onde  coordenou o Ciclo Idosos do Brasil: estado da arte e desafios, realizado em 2011/2012 em parceria com o Instituto de Estudos Avançados – IEA/USP. 

Eclea Bosi - Professora emérita do Instituto de Psicologia da USP e docente do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho. Autora de "Memória e Sociedade - Lembranças de Velhos", entre outros livros. Ao longo de sua carreira acadêmica tem  realizado vários trabalhos sobre psicologia social e humanidades. Suas iniciativas resultaram na criação, em 1993, da Universidade Aberta à Terceira Idade (UATI) – programa de extensão universitária da USP cujo objetivo é possibilitar ao idoso aprofundar conhecimentos em alguma área de seu interesse e ao mesmo tempo trocar informações e experiências com os jovens.

 
 
 
   
  » Indique essa página a um amigo
 
 
 
Avenida Paulista, 2300 | Andar Pilotis | Edifício São Luis Gonzaga | 01310-300
São Paulo | SP | Brasil | 55 11 2847.4567 | (11) 99320.0068 |
obore@obore.com

Desenvolvimento

KBR Tec - Soluções Online