Sexta-feira, 28 de Janeiro de 2022 Pesquisa no site
 
A OBORÉ
  Abertura
  Histórico
  Missão
  Frentes de Trabalho
  Parceiros
  Prêmios
  Fale Conosco
  Galeria de Fotos
Núcleo de Rádio
Núcleo de Cursos
Núcleo de Gestão da Informação
Notícias
Atividades Especiais
  Encontro do Projeto 1000 em 1 reúne estudantes de 17 faculdades de 3 estados do país
Texto: João Paulo Brito e Giulia Afiune/ Fotos: Germano Assad e João Paulo Brito
  13/12/2012

Encontro de Confraternização e Orientação do “Projeto 1000 em 1” reuniu, na segunda-feira (10), 47 estudantes de 17 faculdades no auditório Freitas Nobre do Departamento de Jornalismo da ECA/USP. Estiveram representadas 30 das 100 Duplas de alunos de comunicação que, no decorrer de 1 ano, irão entrevistar grandes jornalistas brasileiros e contar, em vídeos de 10 minutos, os bastidores de 1000 reportagens premiadas. Caracterizado pelo Jornalistas&Cia como o "mais ambicioso projeto de aproximação de estudantes de jornalismo com profissionais consagrados", o "1000 em 1" está aberto a apoios financeiros e institucionais.

Os estudantes vieram de 9 municípios, dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Paraná, para participar da Roda de Coversa que integrou o “Seminário Internacional em comemoração aos 10 anos de fundação da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo”. (Confira a matéria)

Para Marcelo Moreira, atual presidente da Abraji, o Projeto 1000 em 1 traz para o estudante uma maneira de ele começar a respirar jornalismo investigativo de qualidade e profundidade. “Este projeto nos deixa muito feliz por que a gente sabe que está ajudando a trazer para as redações repórteres que já entram com o pensamento de fazer este tipo de jornalismo que realmente muda a sociedade. Pra mim, isso é a essência do Projeto 1000 em 1.”

Os 1000 vídeos de 10 minutos formarão um extenso material didático que será apresentado na Conferência Global de Jornalismo Investigativo, em outubro de 2013, no Rio de Janeiro. O evento será um dos maiores encontros de jornalismo do mundo,  pois reunirá o 8o Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo, da Abraji, a Conferência Latinoamericana de Periodismo de Investigación, do Ipys - Instituto Prensa y Sociedad - e a Global Investigative Journalism Conference. Confira entrevista do Jornalistas&Cia com Marcelo Moreira falando sobre o encontro, na página 2 do Boletim do Jornalistas&Cia.

Interessados em vagas remanescentes ou em mais informações sobre o Projeto, devem escrever para 1000em1@reporterdofuturo.com.br e conferir as entrevistas em vídeo com os idealizadores do 1000 em 1 no site do Repórter do Futuro.

Trinta Duplas foram representadas em Roda de Conversa que integrou o Seminário de 10 anos da Abraji.

Roda de Conversa

A mesa da Roda de Conversa foi composta por Sergio Gomes (OBORÉ), Angelina Nunes (O Globo/Abraji), Luciana Kraemer (Abraji), Wilson Baroncelli (Jornalistas&Cia), João Paulo Brito (Secretaria-Executiva do Projeto Repórter do Futuro) e pelo Prof. Luiz Santoro (ECA/USP).

No encontro, os estudantes foram informados que 76 Duplas cumpriram com sucesso a etapa de produção e envio dos Vídeos de Apresentação – a cada dupla foi solicitado, como primeiro desafio, que gravassem um vídeo de até 5 minutos onde se apresentam, contam como conheceram e por que querem participar do Projeto, além de citarem 3 matérias das quais gostariam de conhecer os bastidores. O prazo se encerrou no domingo (09/12).

A partir das informações extraídas dos vídeos, será produzido um relatório que indicará, entre outras informações, quais foram as reportagens mais citadas pelos estudantes.

Durante a Roda, foi anunciado que a coordenação do Projeto 1000 em 1, trabalhando em conjunto com professores de jornalismo da área audiovisual, está preparando um Manual Técnico para Entrevistas, com dicas sobre como manusear equipamentos, escolher os locais de filmagens e como captar bem o áudio.

Os estudantes também receberão um Roteiro de Entrevistas para direcionar as perguntas aos entrevistados, além de orientações quanto ao conteúdo que se deve aproveitar na hora da edição. “Isto [o Roteiro de Entrevistas] é importante porque pode acontecer dos estudantes entrevistarem os jornalistas e esquecerem de perguntar coisas indispensáveis”, disse Angelina Nunes.

A  diretora da Abraji também enfatizou sobre a seriedade que os estudantes devem ter com o uso do material que recolherem nas entrevistas. “Não se deve publicar um palavrão ou alguma coisa polêmica que o jornalista famoso disse só porque você achou ‘legal’. Isso é muito sério. É preciso ter responsabilidade.”

Novo Ranking dos 100 jornalistas mais premiados

O diretor-executivo do Jornalistas&Cia, Wilson Baroncelli, informou que dia 19, próxima quarta-feira, será publicado pelo jornal uma nova edição do ranking “Os Mais Premiados Jornalistas Brasileiros de Todos os Tempos”, feita pelo Instituto Corda a pedido do J&C.

Segundo o diretor, para a elaboração da nova versão foram mapeados mais de 100 prêmios de jornalismo e os critérios de pontuação foram reavaliados. “Resolvemos, por exemplo, reduzir a pontuação dos prêmios Comunique-se e Mulher Imprensa”, disse Baroncelli, se referindo a redução de pontos que sofreram premiações concedidas ao destaque midiático de profissionais de imprensa e ao conjunto da obra.

Para acessar a nova versão do Ranking do Jornalistas&Cia clique aqui.

Luiz Santoro (ECA/USP), Wilson Baroncelli (Jornalistas&Cia) e Guilherme Alpendre (Abraji).

Reuniões das entidades apoiadoras e professores-orientadores

Durante a Roda de Conversa, o diretor da OBORÉ, Sergio Gomes, também informou que será realizada uma reunião com todas as entidades que formam o pool de apoiadoras para definir as formas de colaboração destas instituições com o 1000 em 1.

“Uma das coisas que gostaríamos é de proporcionar ‘Bolsas de Iniciação Profissional’ a todas as duplas, cerca de R$ 200 reais para cada uma custear as despesas de alimentação, passagens e afins, mas para isso precisamos de patrocínio”, afirmou Sergio.

Além disso, todas as instituições apoiadoras deverão assinar um “Termo de Corresponsabilidade”, que irá “credenciar” os estudantes para a realização das entrevistas pelo Projeto 1000 em 1. Este documento servirá para ser enviado às empresas de comunicação que possuem contrato de exclusividade com alguns jornalistas para que estes profissionais sejam autorizados a dar entrevista aos estudantes.

“Eu, por exemplo, quando entrei no jornal O Globo assinei um contrato que tinha uma cláusula, com letras grandes, se referindo à exclusividade. Quando vou conceder qualquer entrevista é necessário sempre entregar um documento ao setor jurídico solicitando autorização”, explicou Angelina Nunes, atualmente editora assistente da editoria Rio do jornal carioca.

Os professores orientadores que foram citados pelos estudantes no cadastro de inscrição ou no vídeo de apresentação também serão contatados para que se faça uma conferência entre eles e a coordenação do Projeto 

LEIA TAMBÉM

Mais ambicioso projeto de aproximação de estudantes de jornalismo com profissionais consagrados está aberto a apoios 
(edição 872 do Boletim dos Jornalistas&Cia - confira aqui a edição completa)

 
 
 
   
  » Indique essa página a um amigo
 
 
 
Avenida Paulista, 2300 | Andar Pilotis | Edifício São Luis Gonzaga | 01310-300
São Paulo | SP | Brasil | 55 11 2847.4567 | (11) 99320.0068 |
obore@obore.com

Desenvolvimento

KBR Tec - Soluções Online